quinta-feira, 26 de março de 2009

O primeiro rivs a gente não esquece

Ansiedade: sentimento de apreensão desagradável, vago, acompanhado de sensações físicas como vazio no estômago, pressão no peito, palpitações, transpiração, dor de cabeça, ou falta de ar.


Sou uma pessoa ansiosa, e reconheço que sou. Gosto de tudo do meu jeito, quando eu quero e como eu quero, sofro mto por ser assim, tento me controlar, mas é difícil conseguir segurar esse bicho interno.

Como vcs bem sabem, os ultimos 40 dias foram de pura loucura na minha vida, fui em terapeuta, em amiga q faz florais de bach, topei e tomei tdo que me deram, pra ansiedade, pra depressão, pra dormir, tudo tudo tudo. Agora, devido aos últimos acontecimento, a paz voltou ao meu coração e a minha mente, pq a vida continua e não pára pra gente sofrer.

Minha endocrinologista é minha amiga pessoal, devido a todo meu tratamento hormonal e terapia de reposição, nos tornamos íntimas. A tempos eu ouvia falar do medicamento chamado Rivotril, um ansiolítico poderoso, que li na Época inclusive, é o segundo remédio mais vendido no Brasil (pasmem!). Né? O bichinho devia ser bom, pois bem, liguei pra ela, conversamos e ela me receitou o rivs (é como as pessoas que tomam ele, carinhosamente o chamam).

Segunda foi um dia cheio, de faxina interna e externa, de mudanças (pintei e cortei cabelo) e decidi que era o dia ideal pra tomar o primeiro rivs. Tomei ele, meu anticoncepcional, os florais (pra depressão e pra ansiedade) e fui ver BBB na sky... gente! Não deu meia hora, deu uma coisa boa, uma euforia sem agitação, uma paz interior, uma felicidade, uma coisa de "tudo bem se ta tudo desabando", que dá MEDO! Mas né? TÃO maravilhoso! Ziprasidona que nada!

Dormi bem, como a dias não dormia, até levantei atrasada pra trabalhar, mas com um humor? Juro! Almocei com um casal de amigos, dia ótimo e assim seguiu, uma alegria boa dentro! Parece que trabalhei com duas marchas a menos.

É uma pena que vicía viu, pra mim é a felicidade em comprimido, ainda bem que me restam 99.

Ps¹:Má, eu vou ver se consigo uma receita pra vc e vc VAI tomar que tudo vai ficar colorido em Cuiabá!

6 comentários:

Tempestade disse...

É, eu já conheço esse medicamento!
Mas não vicie não tá?
Apenas use para melhorar e o largue, a vida é mais que 100 comprimidos.

Beijos Tempestuosos!

Bruno disse...

Nossa! Rivotril é mesmo mágico...o problema é viciar.. não faça isso. Use durante o tratamento e pare depois.. ; )

Torço pra que vc seja feliz e que tudo dê certo pra vc. Boa sorte, Sarah

beijo!

Nanda disse...

nossa, esse remédio parece ótimo ,hein! mas vou ficar com os aqui em cima, cuidado com ele,não se vicie.coisas na vida que podem ser melhores que esses comprimidinhos ^^

bjs

Sarah disse...

Lê, bruno e nanda!
com certeza, a vida nos sorri mais doq 100 comprimidos! Nao tomei mais nenhum, só aquele! To só nos florais e eles tao me ajudando MTO!
As coisas estao se indireitando e a paz reinando, graças a Deus!
Um beijo e obrigada pela visita sempre constante!

Ed disse...

Ah, quero algo assim tb...rsrsrs...
É brincadeira, morro de medo destes medicamentos que viciam, talvez um de vez em qdo seria bom, para aqueles momentos mais sufocantes, guarde para emergências minha linda...
Super beijo.

Laura disse...

Seguinte...não querendo te inspirar a fazer uma coisa errada mas só dando meu "depoimento"...o rivs me acompanha desde 2000, quando comecei com os meus primeiros chiliques. Ele vicia mesmo e é preciso tomar cuidado. Sinto exatamente a mesma coisa que tu sentiu. Que acontece, criei o vicio psicologico sim, é aquele em que tu tem que saber que ele ta na gavetinha do teu quarto e tem um dentro da bolsa, mesmo que tu nunca tome, mas tem que saber que tem. O vicio fisico eu adquiro as vezes quando extrapolo...o extrapolar é tomar direto, todos os dias, doses como 2mg por uns 2 meses seguidos...bom, mas é a coisa mais facil de desviciar pq ele começa a fazer o efeito contrário, aí tu simplesmente não toma. Deixa passar um tempo e pode voltar que vai tar tudo normal de novo. Eu não sei o que seria de mim sem meu rivs, é minha muleta, é o que me tirou de muito aprto em diversas fases da vida e até deu um barato de forma reecreativa (sem julgamentos please). Então só o que eu digo é, não precisa ter medo que vicie, não é tão simples e tb se viciar honey...não é a pior coisa do mundo. Eu vivo muito bem e muito feliz com meus rivs quinzenal.

Beijos

Related Posts with Thumbnails