quarta-feira, 16 de dezembro de 2009

Goodbye and Good Wealth


Querida caiobá!

Como todos os anos, saio de férias, vou descansar na praia e passar as festas em família! Esse ano não vai ser diferente!

O saldo deste ano, imensamente superior ao ano passado (como eu havia previsto) e maravilhosamente com a sensação de missão cumprida. De realização de metas e tarefas, de tudo que foi previsto e calculado, deu certo, aconteceu e foi maravilhoso.

Certamente 2009 não será esquecido jamais por mim e pelos que me rodeiam!

Espero que 2010 venha bonzinho e recheado, de coisas boas, de metas também alcançadas, muito trabalho, muito estudo e muito amor, pq eu não abro mão dele não rs!

Ha todos que aqui acompanharam este ano, desejo um 2010 e uma nova década fabulosa, de muitas e plenas realizações!

Saúde, sucesso, goodbye and good wealth!



Fiquem com a dica de um excelente filme, It´s Complicated, Nancy Meyers, preciso dizer mais alguma coisa?

quarta-feira, 2 de dezembro de 2009

Heróis ou Vilões?

A cinco dias da abertura da conferência sobre clima em Copenhagem (o COP15),


o Greenpeace e o tcktcktck espalharam pelo aeroporto da capital dinamarquesa


estes outdoors mostrando os líderes, envelhecidos lá em 2020

se desculpando por não terem impedido

a "catástrofe climática".



"Sinto muito, nós poderíamos ter parado a mudança catastrófica do clima... e não fizemos"


SÓ DEPENDE DE VOCÊS!

Frohe Weihnachten und Prost Neujahr


Gostaria de estar mais perto de alguns amigos, de reatar algumas amizades que se perderam e contatos que se foram. Gostaria também de poder viajar mais, ver neve, passar o natal em algum lugar diferente todo ano!

Adoraria que chovesse menos pra aproveitar mais o sol, o dia, o verão, a praia, a piscina. Que o sorvete tivesse menos leite pra me fazer menos mal. Que açucar não engordasse. Que manteiga não fosse tão boa e tão fundamental (Julia Child tinha razão).

Amaria comprar presentes legais e bons pra todos que eu adoro, mandar mais cartões de natal além dos 15 que mandarei!

Que Dezembro chegou já com gosto de saudade, com aparência curta e rápida, que o espírito bom deste mês passa rapidinho e a ânsia por aproveitá-lo é cada vez maior e maior e maior!

Que dê tempo de fazer tudo que quero e tudo que querem de mim!

Frohe Weihnachten und Prost Neujahr

terça-feira, 24 de novembro de 2009

Compras de Natal


Amo amo amo amo. Presentes para noivo, mamãe, os sobrinhos, cunhada, amigo-secreto. Tem coisa mais gostosa? O clima das pessoas nas ruas, as lojas enfeitadas, os preços tentadores, tudo fascinante!

Estipular um valor máximo e distribuir dentro dele o custo de cada presente, e claro, o seu presente. Depois colocar embaixo da árvore toda enfeitada e ficar na expectativa do dia 25 chegar! Pretendo seguir totalmente essa tradição na minha casa!

Mas e quanto as crianças que ficam esperando pelo presente, por simples que seja e não recebem nada? Por isto existe o projeto Papai Noel dos Correios, algo emocionante e que eu faço questão de participar já há 3 anos!

Várias crianças carentes escrevem cartinhas pedindo seus presentes ao Papai Noel, as cartas são catalogadas e ficam a disposição para serem adotadas pela população. Os pedidos mais comuns são roupas, calçados, bonecas, bicicletas e material escolar.

A campanha 2009 já está em vigor, basta você escolher sua cartinha (sim, você pode ler antes de escolher a sua), ai embrulha naquele papel bem bonito, coloca a etiquetinha com o código determinado pelos correios e entrega pessoalmente ou devolve na agência que retirou a mesma (eu prefiro devolver na agencia, pq o carteiro que faz a entrega, vai vestido de Papai Noel).

Qualquer pessoa pode adotar uma! E a maior emoção, quem sente é você, por fazer a noite de natal feliz na casa de alguém!

sábado, 21 de novembro de 2009

Já foi tarde virgindade



Operei, ganhei minha txchuca e agora? Como e quando fazer? Técnicamente, em três meses. Mas, leva mais tempo. KY sempre a mão. Paciência e acima de tudo, um parceiro fantástico.

Minha cicatrização não foi das melhores, levou quase um ano para estar cicatrizada e utilizável e nesta época que tive a fissura anal (já citada no POST ) o que também atrapalhava o sexo, de qualquer maneira, pois o txchuca e o marquês, são muito próximos.

O ponto de sensibilidade alta, fica no fundo da neovagina, ultrassensível e portanto, seu namorado/parceiro/noivo precisa ter uma boa ferramenta e se esforçar para chegar lá! Se for calibre forte (grosso), dificulta um pouco, afinal, a neovagina não é elástica como uma txchuca normal, a lubrificaçao precisa ser repassada umas 2x durante o sexo para não machucar nem um, nem outro, as posições também variam a sensação de prazer e a facilidade da penetração.

A cada 15 dias, faço uso de uma pomada estrogênica (lembro nome não) que 'dizem' ser boa para lubrificação e alteração do tecido ao longo dos anos, ou seja, a longo prazo, portanto, em qse 3 anos de cirurgia, não notei avanços com o seu uso, mas em todo caso, uso sim!

E o prazer, é igual? Igual ou melhor! Pois a sensibilidade orgasmática agora, ficou tanto na neovagina quanto ao marquês, pois toda a estrutura de nervos, ficou alojada numa posição que tem duplo contato, dificil explicar aqui, mas é deliciosamente melhor rs!

Mas pra mim, o sexo é mais do que o orgasmo, do que o 'gozar', gozar é mais do que 'produzir liquidozinho', gozar está na cabeça, na relação, no parceiro, só de poder se deitar na cama relaxada e sem vergonha (nos dois sentidos) , sentir cada parte, cada pedaço seu, ali, é extremamente libertador, é como se a cada sexo você fizesse um YES ao universo, um YES, I CAN!

quinta-feira, 19 de novembro de 2009

A Saga Crepúsculo: Lua Nova


Está é a última vez que você me verá, Bella.


Muita gente torce o nariz para histórias de vampiro, filmes sobre o tema então, são ridicularizados. O sucesso de "Crepúsculo" e sua Saga são evidentes e nem preciso comentar, me apaixonei após ver o filme e ganhar o livro da Má, estou no "Eclipse", terceiro e penúltimo da tetralogia.

A Saga Crepúsculo: Lua Nova é o segundo filme que estréia hoje, enfocando na separação de Bella e Edward e a convivência maior da protagonista com seu amigo Jacob. O filme promete muito mais ação e aventura que o antecessor, cenas imperdíveis como as de Volterra.

A Saga Crepúsculo: Lua Nova - 2009 (Estréia mundial, 20/11)
Kristen Stewart, Robert Pattinson e Taylor Lautner
130 minutos
Direção: Chris Weitz
Baseado no livro homônimo de Stephenie Meyer



domingo, 8 de novembro de 2009

Berliner Mauer - 13. August 1961 bis zum 9. November 1989


Como queria ser alemã há 20 anos atrás. Como queria estar lá, na Brandenburger Straße as 18hs daquele noite de Outono chuvosa e fria. Como queria ter participado deste momento histórico. Como queria ter escalado Brandenburg e subido em seus cavalos festejando e gritando a liberdade.

Já citei aqui que acredito em vidas passadas e que acredito piamente já ter vivido na Alemanha e sido alemã em outros tempos. Desde pequena meu sonho foi conhecer e me dedicar as minhas raízes, a cultura e a história germânica.

Em Setembro de 2003 quando visitei Berlim, tive os dias mais emocionantes e aproveitaveis da minha vida, os arrepios mais intensos e a sensação de estar em casa, indescritível. Ao andar pela bela e movimentada Brandenburger Straße de longe se vê o Portão de Brandenburgo (Brandenburg Tor), onde cada pedaço do chão conserva o tijolo de assentamento inicial, até hoje, delineando por onde o muro passava.

Outro programa imperdível para quem for a Berlim, é o Museu do Muro (Das Mauermuseum am Checkpoint Charlie) , histórias incríveis de travessias arriscadas dentro de fuscas, de balões, pelo esgoto e até dentro de uma caixa de som, também tendo pedaços do muro, fotos e vídeos, um em específico, quase na saída, onde um reporter italiano chegava as 19hs daquele 9 Novembro e filmava as primeiras colheradas no muro, os primeiros pedaços no chão e o reportér vai as lágrimas, e claro, o espectador também.

Choro, choro quando vejo documentários, videos, e até lendo sobre tudo isto, me ponho no lugar destas pessoas e penso que isso aconteceu a 20 anos e menos de um ano após a Alemanha se reunificou.

Para quem quiser ver e saber um pouco mais sobre este momento, assista "Adeus, Lenin" (Goodbye Lenin), filme alemão de 2003, extremamente injustiçado por não ter levado o Oscar de filme estrangeiro a qual foi indicado.

Tive a sorte de encontrar um companheiro, que tenha a mesma fixação que eu por este povo e isso me dá a certeza de várias voltas a este país, a esta cidade.

A Alemanha errou muito, sua população não ficou isenta, pagaram o preço com este muro, separando amigos, famílias e vidas.

Espero que um dia o povo alemão seja limpo dos esteriótipos que os acompanham.

O Canal GNT vai disponibilizar dois especiais sobre o Muro e sua queda, 21hs e 00.30

sexta-feira, 6 de novembro de 2009

Eu malho, tu malhas, nós perdemos peso

Alta médica, liberada pra tudo, fazendo drenagem, de volta a academia e corrida...

Marcas boas são tudo, vou negar não, adoro! Não por serem marcas e sim por serem tecnológicas, tecidos nobres e desenhos impecáveis, anatômicos, tenis próprios que corrigem pisada torta e evitam bolhas, mas claro, como tudo, também tem coisas inutilizáveis, feias e caras.

Minhas malhas de ginástica tem que ser adequadas, um Adidas respirável, uma regata Nike antissuor, tenis especial para corridas e outro pro combat, afinal, um dia Sarah ainda correrá a maratona de NY. RÁ!

Nada me motiva mais pra exercícios do que uma boa música. Preciso falar, Lagerfeld acertou em cheio escolhendo Lily Allen pro desfile de Primavera/Verão Chanel 2010, a música é maravilhosa, empolgante e ai, Lily é Lily! (pragaminha!vaificarsemsexo2anosJossStone)


quinta-feira, 5 de novembro de 2009

Uma prova de amor


Nick Cassavetes é um gênio do cinema. Diretor, produtor e até escritor. Poucos passam sensibilidade e emoção como ele, em seu currículo "Alpha Dog", "Diário de uma Paixão" e agora "Uma prova de amor".

Uma prova de amor (My Sister´s Keeper 2009) é uma adaptação do livro de Jodi Picoult, sobre Anna, uma menina de 11 anos que processa seus pais para ter emancipação médica, ou seja, que parem de usar seu corpo para doar orgãos e tecidos à sua irmã doente com leucemia.

O filme é rápido, em dez minutos expõe toda a trama e deixa o espectador cativado e emocionado. Lágrimas são recorrentes durante os pouco mais de 100 minutos, que na minha opinião mostra o egoísmo e o desespero de uma mãe que não consegue admitir que as vezes é melhor parar e preservar uma saudável despedida, também enxergando seus outros filhos.

Surpreendentemente, o final do filme foi alterado do original (livro). Na opinião, bem melhor o final feito pro Cassavetes no filme.

Se você tiver coragem e gosta de se emocionar com um lindo filme e excelentes atuações, fikdik.

Uma Prova de Amor 2009
Abigail Breslin, Cameron Diaz , Alec Baldwin e Sofia Vassilieva
109 minutos
Direção: Nick Cassavetes
Baseado no livro homônimo de Jodi Picoult


segunda-feira, 2 de novembro de 2009

Dicas para o filho que ainda não tenho



Que os homens 'amadurecem' depois das mulheres, já se é sabido (não é uma regra, mas...), visitando um dos meus blogs prediletos Cup of Jo me deparei com a dica de um livro, que acabou de chegar nas prateleiras americanas e por aqui, nem previsão de tradução.

1001 dicas para o filho que ainda não tenho, este é o curioso título do livro de Walker Lamond, onde ele dá preciosas dicas para que o futuro filho se torne um homem educado, responsável e admirável.

Em vista que hoje em dia, este tipo de homem é raridade, onde essas qualidades são vistas como esquisitas entre os jovens, pelo pouco que vi, já me encantei.

* Sorria para as meninas bonitas.
* Agradeça sempre ao motorista do ônibus.
* Não há remédio melhor que um mergulho no mar.
* Tenha sempre uma boa piada na manga.
* Se ofereça para carregar as sacolas de uma mulher, especialmente as da sua mãe.
* Saiba fazer uma boa receita.
* Seja legal com as crianças, a reputação é construída durante toda a vida.
* Quando estiver com novos amigos, não fale dos amigos antigos.
* Quando pedir para sair da mesa, não tem de nos dar um motivo.
* Para o seu sogro, até você se casar com a filha dele, você não é da família.


Não é segredo que minha preferência é por menino e certamente, vou ter este livro para me ajudar, afinal ele será um grande Homem.

Site do livro/autor com várias outras dicas AQUI

domingo, 25 de outubro de 2009

Oh aninho abençoado


Dois meses para o Natal, por acaso, final de ano é minha época predileta, AMO! E daki até lá, voa, quando você se dá conta, já é dia 20, de DEZEMBRO! Pois, é hora de reavaliar e fazer algumas considerações.

Se o ano passado foi um ano safadinho de ruim e vingativo comigo, mas de 2009 eu não posso reclamar. Começou reclamando dos prejuizos de 2008 e até consolidar as mudanças e ajustes necessários, foi lá por Abril.

Como eu constatei e falei no final do ano passado (tá aki ó ) eu tinha certeza que ano ímpar ia ser melhor (2009) e bem foi. Nunca consegui tantas coisas como neste ano, que ainda nem terminou e com certeza marca um ponto de virada definitivo, a entrega total da minha vida, nas minhas mãos, sem me sentir atada ou constrangida ou impedida de qualquer coisa.

Agora só esperar os peitcholões sararem de vez, voltar pra academia e perder meus cinco kgs ganhos no inverno+recuperação, passar no vestibular e preparar a minha sempre bombada festa de final de ano!

Be welcome Freaks n´Geeks

Ps. dos peitos: Com 20 dias de operada, tudo correndo super bem, cicatrizado, sem dor, desinchando e liberada pra quase tudo já! FELIZ!

quinta-feira, 22 de outubro de 2009

Revelando meu T.O.C



Quem assistiu FRIENDS pelo menos uma vez na vida, sabe como são as neuras da Monica (Courteney Cox Arquette). Eu assumo, sofro do Monica TOC. Estou sempre arrumando tudo, limpando tudo, no meu quarto só descalço ou de meia, lençol e toalha trocado a cada dois dias, alcool é essencial pra mim, neurótica com germes e bactérias total.

Chamo de T.O.C mas obviamente falo na brincadeira, não sofro da doença e sei o quão séria ela é. No meu caso, deve ser culpa da minha mania de organização, responsabilidade e claro, limpeza e higiene! Deve ter haver com a profissão também, sei que não me considero tratável e gosto da minha mania rs.

Meu outro T.O.C é o da corrida. Quando começo a me exercitar (oq é só no verão), eu me torno uma 'fitnessjunkie', viciada, corro muito e sem estar bem alimentada ou preparada, ganho bolhas nos pés, fico inteirinha suada e só vou embora quando a noite cai ou quando alguém me manda embora da academia, depois sofro com a respiração irregular e ardida e com as tonturas. Só to esperando o calor chegar e meus peitos melhorarem pra voltar ao meu vício.

Má, ainda quero saber do seu TOC ta? Toteespiando,bjsteamoteamiga

Ps. Dica para uma malhação/corrida/musculação ainda mais animada, baixem os 2 cds "Black Eyed Peas -The E.N.D. [Deluxe Edition]" é adrenalina no nível maximo!

terça-feira, 20 de outubro de 2009

Was macht Clinton mit meinem Hund?

O que o Clinton tá fazendo com meu cachorro?


O que eu e Bill temos em comum? Um labrador lindo arteiro e com mais de 30kgs! Eu que nunca tive cachorro na infância me realizei depois de grande! Buddy que tem três anos, é a alegria da casa, é brincalhão, doce, companheiro e elétrico, tipo Marley sabe?rs

Buddy é mimado, tem sua canil pintadinho pela dona, osso semanal, banho dado a cada 20 dias pelo papai e mamãe (nada de Pet shop), brinquedos que adora e nada de carrapatos ou pulgas (abençoados butox e frontline).

Uma curiosidade sobre o Buddy (o dos Clinton, nao o meu rs), os cachorros costumam reinar absolutos na Casa Branca. Mas, durante o mandato de Bill Clinton, o mascote que conquistou os americanos foi o gato vira-lata Socks. Apesar de ser o favorito dos fotógrafos, o bichano disputava as atenções da família com o labrador. Os dois brigavam e se odiavam tanto que os Clinton se separaram do felino, o deixando na casa de campo da família. Essa história virou inclusive um livro, "Dear socks, Dear Buddy" escrito pela mamãe dos dois, Hillary.

Quando tiver a minha casa quero ter mais dois cães, um Weimaraner e um Zwergschnauzer, porque ficar sem um em casa, jamais!

Buddy, wir lieben dich!

quinta-feira, 15 de outubro de 2009

Constituição Federal, Artigo 5º, X

X - São invioláveis a intimidade, a vida privada, a honra e a imagem das pessoas, assegurado o direito a indenização pelo dano material ou moral decorrente de sua violação.


Caiu na rede, é isca de pirata? Assistindo ao Happy Hour (GNT 19hs diariamente) desta semana, me deparei com este assunto sendo debatido e abordado e já vinha querendo falar sobre isso a algum tempo. Ao momento que ingressamos na internet, abrimos mão da nossa privacidade, estamos expostos e vigiados constantemente, por todos que tenham um celular, uma maquina digital ou uma má intenção?

Basta voce apenas nao ter fotos nuas enviadas pro namorado, ou nao fazer top less na praia, ou nao ficar bebada e falar merda, pq claro, tem alguem ali com celular do seu lado pra filmar e disponibilizar tdo no youtube, e virar aquela febre virtual, como o pedro do chip ou a francine de Curitiba.

Os ogros e toscos se tornam valentes e bravos atrás de um nickname ou um perfil twitteiro / orkuteiro, eu que já fui viciada total de orkut nos tempos auréos, tendo feito grandes amigos, não deixei de passar na boca destes, que sempre tem o dedo apontado pra você.

Tem os que adoram o sucesso e a fama, fazem de tudo pro seu perfil ser mega-acessado, que seu video seja um dos mais vistos, e realmente, nada contra, só digo que assim como eu, tenho certeza que muitos preferem a discrição.

A favor da passagem-em-branco-social (sabe?), não dou motivos pra cair na boca do povo e nem costumo falar e ir atras dos outros, obvio, das celebridades, é legal saber, principalmente das que voce gosta (e das que nao gosta tb), mas tudo tem seu limite, é ai que eu quero chegar, é possível impormos limites? Ou acessou a internet, tem um msn, um orkut, um twitter, baubau privacidade? Bom, talvez seja por isso que eu só tenha este blog (anônimo) e email.

Querer minha privacidade assegurada, não é crime.
Leis que regulamentem a internet JÁ!

Ps. dos peitos: Com uma semana de cirurgia, os peitos ja quase não doem, ontem tirei alguns pontos e agora pomadas e mais pomadas, pra nao dar estrias e para não infeccionar. As costas? Que costas? Moem, doem horrores, acordo quebrada todo dia por dormir sempre com umbigo-pra-lua, mas né? O que a gente não faz pra ficar linda?

sábado, 10 de outubro de 2009

O molho de Sarah

Descansar em casa! Nada melhor!

Não, não é mais uma receita da sua chef predileta da internet, me refiro ao molho, descanso, atoísmo-nada-pra-fazer-ísmo.

Minha gente, doi! Doi mto ter peitos novos, primeira noite foi qse insuportavel, mas meu enfermeiro-noivo tem dormido comigo quase todos os dias e quando saí pra trabalhar, eu não posso ir para o shopping bater perna ou pro salão fazer as unhas, tenho de fazer repouso da cirurgia, estou sendo 'obrigada' a descansar lendo "Eclipse" e "A Rainha do castelo de ar" (só eu mesma, 2 ao mesmo tempo) vendo filmes, seriados e mta SKY (ruim né?rs)

É hora de rever meus prediletos "Diarios de uma Paixão", "De Repente 30", "Amor não tira férias", "Em seu Lugar", "Bela Adormecida"...ai ai, são tantos!

Novelas mexicanas, são 2 que eu tenho em DVD, "A Usurpadora" q é conhecidissima e "A Madrasta" q foi o último sucesso das mexicanas exibida pelo SBT.

Seriados, vão desde Absolutely Fabulous, Alias, Friends, as novas temporadas de Brothers & Sisters, 30Rock.. tudo isso regado a muita coca zero, pipoca (c/manteiga) e gelatina (pra ajudar na cicatrização).

Ta confesso que de vez enquando rola uma Márcia, pra ver a transformação das monstras, ou um Ratinho pra rir com a Valentina, mas calma gente, meu gosto apura também, Happy Hour, Saia Justa, Fora de casa, Estúdio i (com a divertidíssima Maria Beltrão), entre outros tá? rs

Não da pra escrever muito, mas, vou atualizando o blog como der folks! Em outros meios, orkut, msn não me pegam mais (sou avessa) e twitter JAMAIS me pegará, troço medonho sem-graça e invasivo, pelamor.

Antibióticos a parte, beijos a todos!

Ps. É claro que a casa da foto não é a minha rs

domingo, 4 de outubro de 2009

Ganhei meus peitos e parcelei os sutiãs


1m80 reta de frente?! Those days are over... sim, acabaram-se os sutiãs com bojo, biquinis com enchimento e nada de decotes! Após um ano de consultas, exames, testes cardiacos, mamografia (que pra mim, teve um significado unico, visto q sei la, é um meio de realização rs).

Realizo finalmente um grande sonho, com um bom cirurgião, Perthese 330ml/350ml, perfil alto, pq né? Eu mereço e prometo postar uma foto decotão estilo este que ilustra o post!

Mal vejo a hora de comprar novos sutiãs, biquinis, blusas e vestidos, tudo muito decotado e valorizando o novo conteúdo desse mix diversificado e qualitativo que sou eu (rá! convencida nao né?rs)

Mamãe não me deu os peitos de nascença, mas papai, você ta pagando eles pra mim, mucho obrigada, amei!

Contarei tudo do meu pós-cirurgico aqui no blog, podexa!

domingo, 27 de setembro de 2009

America´s favorite family

Saul, Holly, Scotty, Rebecca, Justin, Sarah, Nora, Kevin, Robert, Kitty, Tommy e Julia


Hoje, volta a minha série predileta!

Após longos meses, em sua quarta temporada, a família Walker dará adeus a Tommy e Julia (casal irritante, vaotarde), novos dramas e comedias aos demais, o chato do Ryan podia morrer engasgado com certeza, a bisca-mor Holly, podia ser morta com a Rebecca e o Scotty num acidente de carro e me alegrar a noite, Sarah podia arranjar um belo e responsavel namorado, e claro, mal posso esperar pela teleconferencia entre Nora, Sarah (minha xará), Kevin, Kitty e Justin, para me fazer gargalhar e me sentir ali, do lado, como membro do clã Walker.

Toda a família espera ansiosa por este dia.

Brothers & Sisters - Quarta temporada
Estreia nos EUA - (ABC) 27 de Setembro 22.00

terça-feira, 22 de setembro de 2009

A mulher e os sapatos

Adriane Galisteu usa sandália Glória Coelho, sonho de consumo!

Sapatos! Que mulher nunca fez uma loucura centopeial (rá) e comprou sapatos que nem precisava, ou mais do que sua conta poderia arcar, só pelo gosto, pelo prazer de novos bebês nos pés.

No filme "Em seu lugar" (In Her Shoes - 2005) Rose (Toni Collete), uma advogada com complexo de inferioridade e que está acima do peso, supre suas carências e frustrações com uma coleção de Jimmy Choo´s, Vuitton´s, Miu-miu's, pois segundo ela, as roupas podem não servir, mas os sapatos, sempre estão a disposição.

Nos meus pequenos pés 42, não é fácil achar o que vista bem, das marcas nacionais conhecidas e populares, como Arezzo, Vizzano, Carmen stephens, Shoestock, ridiculamente só fabricam para pés até 39. Durante muito tempo tive vergonha dos meus, me privei e usei números menores, fazendo bolhas, calos e até dolorosos machucados, até vir a rebelião, o reconhecimento de que um pé 37 não suportaria bem 1m80.

Curiosa essa máfia nacional da industria de calçados, pois a tendência hoje é de numeros cada vez maiores, minha irmã calça 40, Gisele, Claudia Raia e Uma Thurman calçam nada menos que 41 e uma amiga minha calça 43 (mas tb, com 1m93 tinha que ser)!

Me resta sempre a opção das lojas especializadas aqui no Brasil ou as importadas, que fazem sim, sapatos especiais e obviamente, caros, não saem por menos de 200 reais (os mais baratos).

Pra mim, calçar número grande tem uma vantagem, sapatos sempre exclusivos, difíceis de achar por aí, uma sapateira necessária e enxuta e confesso, se calçasse 39, não teria dó da minha conta bancária.

Foto do Stylist Thidy Alvis

sábado, 19 de setembro de 2009

Sarah Willy da Silva Pooh

Coca normal com chocolate, morango com brigadeiro, com suspiro, beijinho de coco... nada disso me pertence mais.

Você lembra né? Daquele filminho batido da sessão da tarde "Free Willy" ? E também sabe que os ursos hibernam estocando comida no inverno, pois então, estou na dúvida de qual animal me assemelho, se a baleia ou urso.

Todo inverno (juro) eu engordo, de 5 a 7kgs, assim, num passe de mágica, começa esfriar, eu paro com os exercicios, corrida, combat e começo a comer e dormir na mesma intensidade e lá se vão os kgs subindo! Minha sorte é que tudo isso tem dia pra acabar, a quente e florida primavera chega nesta terça dia 22 as 18:18 (legal ne?) e logo em meados de Outubro o horário de verão, horrível pra acordar, mas maravilhoso pro dia render.

Em outros anos, que eu realmente estava muito inchada, desanimada e sem fazer nada, usei sibutramina, me ajudou muito, nada de efeitos colaterais, mas desde o ano passado quando consegui perder 15kgs em 4 meses só malhando e cuidando da alimentação saudável, vi que é muito melhor.

Em Outubro vou ficar de molho o mês todo (e logo vocês saberão pq) mas estou determinada a perder ao menos uns 2kgs até o começo do mês!

Adoro estar com o corpo lindo e sarado no verão, alta e torneada, nada de seca magrela não, com as minhas curvas, mas sem barriga, sem pneuzinho, escolher o biquini e ver ele servir lindamente em mim... o lado bom da vida? Celulite? Quase nenhuma, estria, duas minusculas no pneuzinho direito, ou seja, to no lucro perto de outras rsrs.

quarta-feira, 16 de setembro de 2009

O que você viu?


Em Dezembro deste ano, durante dois minutos e dezessete segundos, os sete bilhões de habitantes da terra, desmaiam e ficam inconscientes. Ao reacordarem, a maioria deles se lembra de ter tido visões de suas vidas no futuro breve, alguns meses adiante. O que você faria com essa visão do futuro que foi apresentada à você? Seria apenas um delírio? Seria você capaz de alterar o que se viu fazendo e de não estar onde estava? Estaria você como outro homem a não ser seu esposo? Ou teria você nao visto nada, estaria morto? Vocês esconderia ou revelaria o que viu?

Esta é a instigante e mais nova promessa da americana ABC, FlashForward, a estréia mais aguardada desde LOST, com estrelas no elenco como Joseph Fiennes, Sonya Welger, Dominic Monaghan entre outros.

Como boa viciada em series, aguardo pelo dia 24 para assistir junto com meu noivo comendo um doce pra saciar a ansiedade no lugar das unhas rs. Abaixo, a promo de FlashForward, fica a minha dica para os que amam seriados.




domingo, 6 de setembro de 2009

A Proposta


Para muitos, o noivado é ultrapassado, nem existe, vai-se do namoro à igreja. O noivado significa a maturidade de um relacionamento, onde ambos já convivem a bastante tempo, conhecem manias, trejeitos, gostos e desgostos, mas acima de tudo isso, há a vontade de construir uma nova família.

O noivado serve de preparatório para o casamento, escolha do terreno, projeto da casa, materiais de construção, pedreiros, pintores, gastos e mais gastos e aquela conta bancária do casal que sempre foi farta e em dia, começa a brotar em contas e ficar rala.

Ah sim, fui formalmente pedida em noivado, jantar com as famílias, aliança com diamante, que simboliza o amor eterno do casal, tudo como protocolo manda.

Acho que meu plano de casar antes dos 30, ta dando certo!

Foto: Margareth(Sandra Bullock) pede a mão de Andrew(Ryan Reynolds) em casamento no filme "A Proposta", a melhor comédia do ano.

sábado, 5 de setembro de 2009

Carta de mim, ao meu eu do passado


Olá Sarah de 2001,
gosto de te escrever, para acalentar o coração, o meu e o teu. Sentada nesta loja do shopping, você fica vendo as horas passarem, as vezes até as 22hs e sem qualquer perspectiva de melhora, de como e quando você será eu. Não vou dizer que esse momento é bom, é fácil, pois eu continuo não achando. Creio que é sim, o melhor na situação que você está, é um modo de você adquirir dinheiro, maturidade, para quando for, ir de uma vez, sem interrupções.

Carente, solitária e idosa, é assim q eu definiria. Carente, somos mesmo, continuamos sendo, mas solitária, isso não, o nosso companheiro nutre e bem esse espaço, e para de chorar, ou melhor, chore menos, serão menos rugas pra mim. Idosa? Claro! Tem coisa melhor do que ficar em casa acompanhada, na cama assistindo dvd?

Não banque nunca o que voce não é, nada de desespero, nada de reclamações, e gaste menos, economize mais, converse mais em casa, explique tudo mais e mais e mais. Claro, assistir a Ramona, não perca um episódio da novela, e incentive mamãe e papai a verem também, a cabeça deles ficará bem mais esclarecida, você nao terá problemas com eles, e sim, a nossa situação, vai melhorar e muito.

Comece a fazer laser já, quanto antes, melhor, nada de satinelle não, aquilo dói pra caramba e não tem cristo que consiga usar, eu pelo menos, não consegui e perdi dinheiro. Peso, não fique tão magra, continue sua hormonização acompanhadamente, e nada daquela farmacia de manipulaçao, os remedios de lá nao tem o mesmo efeito.

Portanto, enquanto você está ai, olhando as pessoas irem e virem, enquanto você monta a vitrine, do jeito que você gostaria de se vestir, tenha paciência (eu sei q é dificil), mas veja só, hoje, você é a manequim, e não é de vitrine não,
beijos
de 2009 (qse 2010).


Sempre amei esse clipe e ar malévolo de Madonna

quinta-feira, 3 de setembro de 2009

Soou diferente... soou mais sincero

Uma novela entrar no ar para substituir um sucesso, não é nada fácil. É o caso de "Viver a Vida", após meses mergulhados na Índia, are-babas e dalits, a novela não me agradou no que começou a mostrar.

Talvez tenha passado desapercebida a chamada desta segunda-feira, 31/08, onde foi apresentada a família de Tereza(Lília Cabral) e Marcos(José Mayer).

'Perca' alguns segundos para assistir, especialmente apartir do 30', esta cena do teaser, que em segundos, me encheu os olhos de lágrima (e não só a mim).

terça-feira, 1 de setembro de 2009

Há 70 anos atrás


1º de Setembro de 1939, às 4h45, a Alemanha disparou vários tiros contra a base de Westerplatte na Polônia e ao mesmo tempo,a invadiu pelo leste, oeste e sul, em ataques que deflagraram a declaração de guerra de França e o Reino Unido contra a Alemanha dois dias depois, dando início assim a segunda guerra mundial.


Pra mim, uma era única e indescritível, me causa horror e fascínio ao mesmo tempo, já li livros, vi documentários, filmes, tudo que se possa saber sobre, e tenho plena convicção de que lá estive em outra vida.

Estes seis anos de batalha, renderam ao cinema, obras primas como A Lista de Schindler (Schindler´s List), A Queda (Der Untergang), A Espiã(Zwartboek), O Pianista (The Pianist), Um Ato de Liberdade (Defiance), O Leitor (The Reader), O diário de Anne Frank (The Diary of Anne Frank), Uma Mulher contra Hitler (Sophie Schöll), O Julgamento de Nuremberg (Judgment at Nuremberg), BBC Documentário - Auschwitz, Os Nazistas e a solução definitiva(BBC-Auschwitz The Nazis and the Final Solution) e tantos outros que ainda virão.

Por lá já ter vivido e ter amigos, sei do constrangimento de alemães e austríacos quando abordados sobre o tema, sobre como isto é um tabu para eles e como se sentem envergonhados com este passado sombrio, e sei que até hoje, algumas pessoas ainda se referem a eles como nazistas, puro e descarado preconceito.

Com informações escassas e manipuladas, um líder opressivo e carismático, propaganda maciça e economia em ascenção, qualquer povo reagiria como os alemães (de forma alguma defendo ou apoio o que aconteceu, é apenas minha visão). Os judeus, ciganos, homossexuais, polacos e eslavos, tão perseguidos e aterrorizados, mas que também tiveram seus traidores, a França derrotada e dominada, Londres bombardeada, e o Terceiro Império Alemão se alastrava como pólvora pela Europa.

Seu fim foi romper o pacto de não agressão com Stalin e invadir a URSS, posteriormente o dia "D", a bomba atômica, e fim.

A desmilitarização da Alemanha(e sua divisão em Oriental e Ocidental) e do Japão, criação da ONU, que hoje é um orgão fraco, com regras que precisam urgentemente ser revistas, não servindo mais para o que foi destinada.

Toda a segunda guerra, para mim, se resume numa única palavra, Auschwitz.


E lembrem, que tudo isto aconteceu, ali... há 70 anos atrás.

domingo, 23 de agosto de 2009

Marina Silva Vaz de Lima

Verde, de esperança.


Como boa direitista, capitalista e patricinha, sou PSDB, adoro FHC e odeio PT (rimou rs). Mas com a proximidade das eleições presidenciais em 2010, a cerca de uma semana, um nome balançou, não só a mim, como a muitos.

Marina Silva se desfiliou do PT e muito provavelmente irá para o PV, para concorrer á presidência da república. A notícia repercutiu mundo a fora, dos EUA a Taiwan. Espero muito que o vice seja o Fernando Gabeira (adoro!), falou-se tambem em Gilberto Gil (marromenos), talvez Cristovão Buarque, mas que saibam escolher! Que seja forte.

Maria Osmarina Marina Silva Vaz de Lima, acreana, 51 anos, que somente aos 15 anos, analfabeta, foi acolhida em Rio Branco pelo bispo da capital e então instruída. Mais tarde, já formada, lutou ao lado de Chico Mendes na Amazônia; Em 1994, contrariando a todo histórico, venceu as eleições para o Senado com o maior percentual de seu estado. De 2003-2008 foi Ministra do Meio Ambiente, tendo sido admirada e respeitada em foruns e congressos internacionais que representou nosso país, pela forte defesa da Amazônia e idéias de ecodesenvolvimento, o desenvolvimento sustentável. É a única brasileira ter recebido o maior prêmio da ONU para o meio ambiente, o Champions of the Earth.

Lembro deste alvoroço quando Roseana Sarney anunciou que sairia candidata, acho que em 2002, tendo sofrido um golpe que impossibilitou sua candidatura. Obviamente Marina roubará votos de Dilma e de Serra, sendo mais uma forte candidata, o que certamente embolará as pesquisas.

Por ser mulher, por admirar a vida e a história de Marina, por admirar sua luta pela preservação da Amazônia e por outras "n" razões, ela já tem o meu pré-voto, e garanto, muitos mais virão. Boa sorte Brasil.

quinta-feira, 20 de agosto de 2009

Prato Principal e a Sobremesa

Agora sim sexo gostoso

Neste mês faço aniversário... de novo? você leitor se indaga. Pois é... aniversário de libertação, de realização, de plenidade! Fiz a mudança mais drástica, que alguém poderia fazer, meu corpo, que tinha uma deformidade congênita foi corrigido por uma cirurgia.

A pouco tempo atrás, vi um documentário no Discovery em que eles faziam uma cirurgia similar, em crianças, decidindo por elas o seu futuro sexual. Ora, sou terminantemente contra, uma criança de 2/3 anos com tal problema, não tem como decidir seu sexo, nem mesmo seu médico ou seus pais, nem pela tipagem genética, pois sendo assim, eu sou eternamente XY ou XXY ou XYX whatever. Tanto que não foi surpresa, ver o caso da italiana que agora, as 25 anos, acha que deveria ter permanecido menino e não menina, como seus pais e o médico, escolheram, e agora José?

Modestia bem (bem mesmo) a parte, fazer como eu fiz, é o melhor caminho, adquirir maturidade pessoal e sexual, para finalmente ter responsabilidade para tomar a decisão, e eu nunca titubeei.

Como ja citei, fiz a minha no Brasil, por opção pessoal e estou satisfeita, tive um atendimento cinco estrelas, enfermeiros dedicados, corpo clínico respeitável, uma semana de internamento e 90 dias de recuperação com repouso moderado e uma vida nova. Completa, somente agora, após os documentos se adequarem.

É bom servir o prato principal e ainda ter a sobremesa pra oferecer, ou alterar a ordem das coisas, variar é a palavra da cama.

E os problemas, sumiram? Virei Cinderela no palácio rosa pink? Não. Os problemas só se tornam outros, afinal, desde quando uma cirurgia tornaria sua vida perfeita? Em alguns aspectos, certamente, a auto-estima, essa sim, aumentou, revigorou, quanto a vida... é matar um leão por dia.

Agora, só me faltam os peitões, e esses, ah, estão pertinho!

Quando pensava em tudo um dia ficar bem, eu sempre ouvia essa musica, muitos e muitos anos atrás, hoje quando ouço, celebro a vitória.
So don't surrender
'Cause you can win



Foto do Blog degusta, casal que se ama

terça-feira, 11 de agosto de 2009

Michael Bublé Meets Madison Square Garden


Michael Bublé é o meu cantor favorito. Só com esta frase, você já pode perceber que eu sou suspeita para falar do último lançamento do cantor.

Michael é canadense, tem uma voz inconfundível e uma legião de fãs ao redor do mundo. Suas interpretações de músicas de Frank Sinatra, Queen, Tony Bennett entre outros, é simplesmente uma benção aos ouvidos críticos e exigentes.

Em "Meets Madison Square Garden", diferentemente do seu outro DVD "Caught in the act", Michael mostra um paralelo entre bastidores e o show propriamente dito, apresenta sua orquestra, sua família, como é craque em ping-pong e que adora hockey, e faz uma prévia imperdível de "New York New York" para o seu avô.

Essa edição especial encerra a turnê de dois anos (que inclusive passou por São Paulo e Rio de Janeiro em Novembro 2008), com o CD e o DVD de "Meets Madison..." e aos que são fãs de boa música e de um mega entertainer, conhecendo ou não os sucessos de Bublé, não deixe passar.

quinta-feira, 6 de agosto de 2009

A rosa radioativa estúpida e inválida


Estudei a vida toda na instituição Marista, e todo dia 6 e 9 de Agosto, antes de começarem as aulas, havia um minuto de silêncio enquanto tocava a música 'Rosa de Hiroshima' de Ney Matogrosso.

A 64 anos atrás, o ser humano mostrava da atrocidade que era capaz, com uma força desproporcional, com uma violência estúpida, Hiroshima foi devastada e aniquilada por uma bomba nuclear, e apenas três dias depois, foi a vez de Nagasaki.

Só em Hiroshima, mais de 140mil pessoas morreram naquela ano, imediatamente ou por consequência.

Hoje deveria ser um dia de luto mundial, sempre, para sempre.

Vinicius de Morais fez o poema, Ney colocou melodia (e emoção), como só ele consegue...

domingo, 2 de agosto de 2009

Fünfundzwanzig Jahre alt


Vinte e cinco!


Fazer 25... é de se refletir... muitos chamam de 'crise do quarto de vida' (viver até os 100? Pára!). Você começa a se dar conta de que seu círculo de amigos é menor do que há alguns anos. Se dá conta de que é cada vez mais difícil vê-los e organizar horários por diferentes questões: trabalho, estudo, namorado etc..

E cada vez desfruta mais do happy-hour que serve como desculpa para conversar um pouco. As multidões já não são 'tão divertidas'... As vezes até te incomodam. E você estranha o bem-bom da faculdade, dos grupos, de socializar com as mesmas pessoas de forma constante. Mas começa a se dar conta de que enquanto alguns eram verdadeiros amigos, outros não eram tão especiais depois de tudo.

Você começa a perceber que algumas pessoas são egoístas e que, talvez, esses amigos que você acreditava serem próximos não são exatamente as melhores pessoas que conheceu e que o pessoal com quem perdeu contato são sim, os amigos mais importantes para você, ou não.

Ri com mais vontade, chora com menos lágrimas e com mais dor. Parece que todos que você conhece já estão namorando há anos e alguns começam a se casar. E se pergunta, quando será o seu.

Ficar bêbada e agir como uma idiota começa a parecer, realmente, estúpido. Sair os três dias do final de semana lhe deixa esgotada e significa muito dinheiro para seu pequeno salário. Ficar acordada até as 2 da manhã, já lhe parecem impossível, pois você vai sentir falta delas quando tiver que acordar as 6h.

Olha para o seu trabalho e, talvez, não esteja nem perto do que pensava que estaria fazendo. Ou, talvez, esteja procurando algum trabalho e pensa que tem que começar de baixo e isso te dá um pouco de medo.

Dia a dia, você começa a se entender, sobre o que quer e principalmente, sobre o que não quer.

Suas opiniões se tornam mais fortes.

Vê o que os outros estão fazendo e se encontra julgando um pouco mais do que o normal, porque, de repente, você tem certos laços em sua vida e adiciona coisas a sua lista do que é aceitável e do que não é. Às vezes, você se sente genial e invencível, outras... Apenas com medo e confusa.

Parece ser um lugar instável, um caminho de passagem, uma bagunça na cabeça... Mas TODOS dizem que é a melhor época de nossas vidas e não temos que deixar de aproveitá-la por causa dos nossos medos... Esses tempos são o cimento do futuro.

Parece que foi ontem que tínhamos 20... então, amanha teremos 30?!?! Assim tão rápido?!?!

Vamos fazer valer esse tempo!

' A vida não se mede pelas vezes que você respira, mas sim por aqueles momentos que lhe deixam sem fôlego...'

Texto de autoria desconhecida e alterado em algumas partes por mim.




Um dos meus presentes, o meu cheiro!

quarta-feira, 29 de julho de 2009

Sarah Jones em busca do CPF perdido

Jones, where is my CPF?


Desde que meus documentos saíram e já peguei minha certidão, devidamente retificada, lindinha, comecei a correr atrás dos demais documentos. Fiquei tão ansiosa, que andei perdendo o sono de madrugada, coisa RARA se tratando da Sarah aqui, que dorme as 21hs se deixar rsrs.

Vale reeiterar também, o meu agradecimento ao Homer do blog Transhomem Brasil, ele que já passou por tudo isso, fez um guia super prático e que tem me ajudado muito.

RG, foi fácil e prático, sem maiores complicações, dentro de sete dias deve ficar pronto;

Titulo de eleitor, me faz lembrar das três coisas que nos orgulham em sermos brasileiros (Correios, Petrobras e Eleições), o título foi retificado na hora e já foi o primeiro novo documento em mãos.

Ai, veio a novela do CPF... infelizmente, a Receita Federal não faz mais a alteração/retificação direto em sua sede, é necessário ir primeiro ao Banco Brasil, Caixa ou Correios, fazer o protocolo de alteração e aí sim se dirigir a Receita. Porém, todavia, entretanto, o meu atendimento nos Correios foi lastimável. Desinformação, preconceito mascarado, sistema fora do ar, uma demora excessiva, até trocar de agência e finalmente, ser muitissimo bem atendida por um outro funcionário. Dia seguinte, comparecer a Receita com o formulario preenchido e pago, chá-de-cadeira de 3 horas, para em menos de 10 minutos, o fisca ter alterado tudo no sistema e agora, aguardar 10-12 dias pra chegar pelo correio.

Agora me resta aguardar pelo RG e pelo CPF, pois somente com eles posso dar entrada na retificação da CNH, Visto americano, Carteira Trabalho, Passaporte, etc...

Exemplar também, vale salientar, é o sistema da Policia Federal para emissão de passaportes, o próprio sistema já solicita se você teve alteração nominal, qual era e por qual razão, muito esclarecedor e ágil.

Vale salientar o oposto, da Carteira de Trabalho, é talvez um dos mais burocráticos, e que se enfrentam maiores filas.

segunda-feira, 27 de julho de 2009

FAlemão

Quem pedir mais rápido em alemão, não paga!


Quando comento com alguém que falo alemão e que já morei por lá, as pessoas logo falam "Nossa, como você entende aquela lingua?" Mark Twain disse que "A vida é muito curta para se aprender alemão". Intriga da oposição, diriam alguns, verdade diriam outros.
O texto que certa vez li e salvei, serve para elucidar suas dúvidas.

A língua alemã é relativamente fácil. Todos aqueles que conhecem as línguas derivadas do latim e estão habituados a conjugar alguns verbos podem aprendê-la rapidamente. Isso dizem os professores de alemão logo na primeira lição.

Primeiro, pegamos um livro em alemão, neste caso, um magnífico volume, com capa dura, publicado em Dortmund, e que trata dos usos e costumes dos índios australianos Hotentotes (em alemão "Hottentotten" - lógico, viu como é fácil?). Conta o livro que os cangurus (Beutelratten - Ratos com Bolsas - são masurpiais) são capturados e colocados em jaulas (Kotter), cobertas com
uma tela (Lattengitter) para protegê-los das intempéries. Estas jaulas, em alemão, chamam-se jaulas cobertas com tela (Lattengitterkotter) e quando possuem em seu interior um canguru, chamamos ao conjunto de "jaula coberta de tela com canguru" (Beutelrattenlattengitterkotter).

Um dia, os Hotentotes prenderam um assassino (Attentäter), acusado de haver matado uma mãe (Mutter) hotentote (Hottentottermutter), mãe de um garoto surdo e mudo (Stottertrottel). Esta mulher, em alemão, chama-se "Hottentottenstottertrottelmutter" e a seu assassino chamamos, facilmente, "Hottentottenstottertrottelmutterattentäter".

No livro, os índios o capturaram e, sem ter onde colocá-lo, puseram-no numa jaula de canguru (Beutelrattenlattengitterkotter). Mas, acidentalmente, o preso escapou. Após iniciarem uma busca, rapidamente vem um guerreiro Hotentotes gritando:
- Capturamos um assassino! (Attentäter)
- Qual?? - pergunta o chefe indígena.
- O Lattengitterkotterbeutelrattenattentäter - comenta o guerreiro.
- Como? O assassino que estava na jaula de cangurus coberta de tela? - diz o chefe dos Hotentotes.
- Sim - responde a duras penas o indígena - É o Hottentottenstottertrottelmutterattentäter (assassino da mãe do garoto surdo e mudo).
- Ah, demônios - diz o chefe - você poderia ter dito desde o início que havia capturado o
Beutelrattenlattengitterkotterhottentotterstottertrottelmutterattentäter.
(assassino da mãe do garoto surdo e mudo que estava na jaula de cangurus coberta de tela).
Assim o assassino voltou para cumprir sua pena.

Através deste exemplo, podemos ver que falar alemão é facílimo e a estrutura gramatical simplifica muito as coisas. Basta um pouco de interesse. Depois dessa clara e elucidante explicação espero que a língua alemã abra os horizontes de todos meus leitores queridos rsrsrs.

Bis zum nächsten Mal!

quinta-feira, 23 de julho de 2009

O prazer de ser Leonina

A Miranda certamente é.


Se você está apaixonado por uma mulher de Leão, parabéns!
Você tem uma mulher de garra, determinada, ousada, abusada, carinhosa, amorosa, protetora, amiga, confidente e que sabe ser elegante, tem bons gostos, adora aventuras e sabe fazer amor como poucas, as vezes pode até te assustar com o seu apetite sexual, mas essa é a leonina.

Ela não é do tipo que gosta de reclamar da vida ou fica deprimida facilmente. Odeia arrogancia e grosseria! Leonina sempre esta de bom humor, tratanto todos sem preconceitos com muita educação e simpatia. Essa simpatia pode ate te deixar enciumado, pois realmente ela gosta de ser o centro das atenções masculinas e tambem femininas,e sinceramente, é perda de tempo! Mesmo porque ela sempre esta rodeada de pessoas. Para ela é natural, isto faz com que se sinta mais viva!

Mas nem tente fazer o mesmo com relação ás mulheres para não ter que enfrentar sua ira! Pois ciúmes e posse são os maiores defeitos dela. Todos os dias em que acordar e ver esta mulher ao seu lado, pode ter certeza de que é um felizardo que conseguiu conquistar uma das melhores mulheres do mundo. Sei que as vezes será um pouco duro lidar com seu jeito imponente e seu orgulho, mas os momentos de bom humor e otimismo farão com que sempre esteja pronto para levantar da cama e viver a vida com mais alegria!

Leão
5º casa do Zodíaco - 22 de Julho a 22 de Agosto
Príncipio: Ativo
Dia: Domingo
Elemento: Fogo
Pedra: Âmbar
Parte do corpo: Coração e Coluna
Metal: Ouro
Estação do ano: Meio do Inverno
Cor: Dourada
Planeta Regente: Sol

sexta-feira, 17 de julho de 2009

Und Gott wird abwischen alle Tränen von ihren Augen - Offenbarung 21:4

Será que é real? O que fazer daqui pra frente?


Hoje, dia 17 Julho 2009, tenho em minhas mãos o papel mais importante e o que mais aguardei nesse um ano e 10 meses de espera "oficial", finalmente o juíz concedeu a minha retificação civil, ou seja, meu nome e meu sexo, foram devidamente reconhecidos e aceitos pelo Estado como sempre deveriam ter sido e como eu sempre me identifiquei.

A primeira pessoa a receber a noticia, foi o namorado, que tanto lutou e batalhou junto comigo. Meus pais, a Má, a Kate e tantos outros amigos com quem partilhei essa notícia maravilhosa, obrigada pela força e pela torcida! A Dra. Ana Paula, minha advogada, uma pessoa formidável, que agarrou a causa e devo grande parte desta vitória ao seu trabalho excepcional!

Uma pessoa "normal" raramente dá valor ao seu nome, não importa se ele é bonito, se é feio, é seu nome, é como é reconhecido, como é identificado. Mas posso afirmar, sem medo de errar ou exagerar, em nome de todas as pessoas que passam pelo mesmo problema que eu, que sim, O nome tem um valor incomensurável.

Você tem cartões de crédito, bens ou imóveis, trabalha, estuda, sai nos finais de semana, pega um ônibus, vai viajar de avião... E o que tem em comum nessas coisas todas? Precisa apresentar um documento pra todas elas. E quando seu nome e seu gênero já não correspondem aos que estão ali, naquele documento? É imensamente constrangedor.

Quantas vezes não me privei de um programa legal, de uma balada com amigos, de uma viagem pro exterior, ou mais, me privei de estudar, de fazer uma universidade, pelo constrangimento e a vergonha de me expôr, de ser vista não como a mulher que sou, mas como a "anormal" ou a "q tem nome de menino". Para um portador de transtorno identidade de gênero, ir a algum lugar que exige apresentação de qualquer documento é uma das maiores torturas existentes na face da terra.

Mas, como disse quando abracei minha mãe e chorando disse "Mãe, tudo acabou, finalmente". Hoje acabou-se uma batalha de longos anos. Juro que não vou me importar de ir tirar a minha nova documentação, pelo contrário, vou com prazer, e caso alguém fale algo ou não quiser aceitar, recusar acatar ordem judicial é prisão e processo na certa.

Se você está lendo este texto hoje, saiba que hoje é o dia que esperei por 24 anos. Hoje estou realizada, completa, aliviada, uns 100kgs mais leve. A alegria não cabe em mim!

Publique-se. Registre-se. Intíme-se. Cumpra-se.
Obrigada Deus!


Foto: Kate Winslet incrédula com seu Oscar na mão = Eu incrédula com minha certidão de nascimento retificada em mãos.

Ps do título
: 'E Deus limpará de seus olhos toda lágrima'
Apocalipse 21:4.

terça-feira, 14 de julho de 2009

O Príncipe Mestiço

"Once again I must ask too much of you, Harry."

Harry Potter. A primeira vez que ouvi sobre ele foi em 2000, visitando meus primos em São Paulo e eles vidrados nos livros do famoso bruxinho, ganhei o primeiro de presente da minha tia, desde então, já li e reli todos e tenho os 7 em português e originais em britânico.

Muitos torcem o nariz, principalmente aqueles que não leram e só assistiram os primeiros filmes. Acham infantil, ou que tem bruxaria e personagens demoníacos, já ouvi e li de tudo.

O Príncipe Mestiço (Harry Potter and the half-blood prince - 2009) é o penúltimo filme da heptologia, um dos mais aguardados eu diria, sendo o livro mais instigante e com Harry mais adulto e centrado, seu envolvimento com Gina Wesley, o surgimento do professor Horace, o reconhecimento público da volta de Voldemort e o misterioso livro com poções e feitiços, agora em posse de Harry.

Uma das cenas mais esperadas por mim, é a do interior da caverna, Harry, Dumbledore, o barco e o lago negro... ai ai!
Cena no livro; Cena do filme.


Harry Potter e o príncipe mestiço - 2009 (Estréia hoje, 14/07 23.59h)
Daniel Radcliffe, Emma Watson e Rupert Grint
153 Minutos
Direção: David Yates
Baseado no livro homônimo de J.K.Rowling



sexta-feira, 10 de julho de 2009

Geladas férias


Férias para mim sem viajar, não são férias. Amo viajar! É um dos meus hobbies prediletos, e nesse friozinho do inverno de Julho (mês do meu aniversário), finalmente eu e o namorado vamos realizar um dos nossos maiores sonhos, curtir Campos do Jordão em SP.

Já haviamos tentado outros anos, mas nunca dava certo, porém desta vez, tudo pronto, putas malas no carro, mapa, hotel com lareira e só curtir as maravilhas da serra da mantiqueira na cidade mais alta do país, há exatos 1628 metros de altura. Esperança de pegar uns bons grauzinhos negativos, geada, foundue, sopas, chocolate quente, vinho quente e lindas paisagens!

Na volta curtir São Paulo, sem pressa, apenas querendo descansar e desestressar desse primeiro semestre difícil e complexo que foi e esperando que o restinho do ano seja mais gentil com a gente!


Até a volta, queridos!

Ps. Hoje é dia da Pizza! Bora pedir logo duas!


Essa musica expressa bem o amor pelo meu amor!

sábado, 4 de julho de 2009

Sábia carta



"Para Franz Xaver Kappus.
Tenha paciência com todas as coisas mal resolvidas
em seu coração,
e tente amar os questionamentos em si,
como se trancado em sua sala, devorando um livro,
de uma língua estrangeira extremamente difícil.
Não procure pelas respostas,
elas podem não ser reveladas à você agora,
pois você não estaria preparado para vivê-las.
Viva agora os questionamentos,
pois talvez, algum dia, em um futuro distante,
você irá, gradualmente e sem nem perceber,
andar no caminho até as respostas,
seu, Rainer Maria Rilke."



"Briefe an einen jungen Dichter" Briefe von Juli 1903
"Cartas para um jovem poeta" Trecho da carta de Julho 1903

quarta-feira, 1 de julho de 2009

A mulher e os pelos


Homem peludinho, é preferencia nacional, não digo 'tony ramos', mas um homem liso e sem pelos, agradam a poucas.

Já no caso de nós, mulheres, sermos lisinhas além de regra básica é preferencia nacional e até mundial (vide a famosa brazilian wax, depilação a cera que virou febre nos EUA e na europa).

Eu sei o que é ser peluda, podem acreditar, a pouca, mas existente, testosterona que ocupou esse corpinho (que não pertence mais) fez estragos consideráveis, então tive que partir para o laser, principalmente no buço e na face. Foram 3 técnicas.

* Luz pulsada? Dispensem, perda de dinheiro, ele tem apenas um efeito imediato, ou seja, inibe o pelo por seis/oito meses, mas voltam normalmente depois.

* Light sheer? É muito bom, caro e doloroso, tem um efeito a medio e longo prazo, realmente eliminando os pêlos mais negros e fortes, sim, só tem efeitos sobre esses pelos, aqueles loirinhos e fininhos, nao sofrem qualquer alteração.

* Soprano? É o mais moderno, praticamente indolor (mas doi um pouco sim) e tem um efeito a curto, medio e longo prazo, as sessões também são caras, mas na minha opinião é o melhor custo x benefício.

Já na virilha e no 1m08 só de pernas (fiu-fiu) opto pela cera quente de breu, aquela, que não precisa de papelzinho ou tiras para aplicar, a própria cera endurece e é puxada, isso a cada 25-30 dias. Acho horrível aquelas coxas peludas e descoloridas que muitas ostentam nas praias com a maior glória e desinibição, da vontade de presentear com um veet ou uma gilette, outra coisa, tchuxa estilo claudia-ohana-vera-fisher não dá né, queridas? Fica minha recomendação dos lenços íntimos da Dermacid, leve sempre na necessaire, higienizam, tiram eventuais odores e te deixam pronta, afinal, nunca se sabe...

sexta-feira, 26 de junho de 2009

Os prazeres da carne

Alex Atala, D.O.M; Rogério Fasano, Fasano.

Como ótima cozinheira, ex-fofinha e amante da gastronomia, uma das coisas que eu aprecio (e muito) é cozinhar e comer. Não me importo de pagar caro para comer bem, aqui tem uma churrascaria espetacular e uma trattoria, onde sempre comemoro datas especiais, e não se paga menos de 100 reais.

Tem pessoas que acham um absurdo se pagar tanto por comida, "faço em casa e sai menos da metade do preço", cada um pensa o que quer, eu prefiro pagar pelo atendimento, pelo lugar, pelo conforto e o serviço. Por esse motivo também sou altamente crítica com serviço de restaurantes e bares, quando é preciso agradecer ao chef, o faço pessoalmente, e quando é preciso criticar o serviço, também não deixo por menos.

Na minha próxima visita a São Paulo quero ir ao D.O.M, restaurante do chef Alex Atala, este que por sinal, junto com Fasano (comandado pelo chef italiano Salvatore Loi) foram considerados os melhores restaurantes do país, em pesquisa recente. Mas claro, não deixarei de passar pelo Outback também.

Se minha poupança estivesse recheada com R$ 700.000,00 certamente o dinheiro já teria uma destinação certa, uma franquia Outback, talvez em Floripapólis. Curioso inclusive, que a rede americana de comidas e lanches ao estilo australiano não tenha chego a uma das capitais mais rica (e com mais ricos) do país.

Seu ambiente sempre aconchegante que nos remete a um bar/lanchonete/restaurante no melhor estilo Crocodilo dundee, Outback nos reserva as delicias de pratos generosos e suculentos, como seus filés T-Bone, aqueles típicos de desenhos animados, com o ossão redondo no meio ou do lado, suas batatas fritas homéricas, o pãozinho de couvert com a manteiga espumante, os sanduiches gigantes, e nada como um delicioso Thunder e seu chantilly abundante pra arrematar.

Não é barato, seu público é sim elitista e selecionado, mas é exatamente isso que buscaria como empresária, e certamente, o lucro viria rápido.

Site oficial Outback

Foto: Cia. de Foto/Folha Imagem
Fonte

sábado, 20 de junho de 2009

O homem por trás de Lisbeth Salander

Lisbeth e Mikael, pôster do filme de "Os homens que não amavam as mulheres".


Imagine uma heroína anoréxica de 20 e poucos anos, tatuada, cheia de piercings, cabelos negros e curtos, bissexual, antissocial, sob custódia do Estado e declarada oficialmente incapaz.
ou
Imagine uma heroína sagaz, memória invejável, 'A' hacker, vingativa obstinada, expert em boxe, altamente resistente a dor, uma espécie de 'Pippi meialonga' adulta.

Está é Lisbeth Salander (ou seria Irene Nasser? rs), a heroína de Stieg Larsson e sua trilogia magnífica de livros, a Millennium, que ao redor do mundo já vendeu e cativou milhões de leitores. Stieg entregou a editora sua trilogia em 2004 e morreu apenas alguns dias após, não tendo tempo para curtir o sucesso que seus livros fariam ao redor do mundo.

Não menos importante que Lisbeth está Mikael Blomkvist, o Super-Blomkvist, um jornalista de 40 anos, cofundador da revista Millennium e que divide o posto de protagonista da história com Lisbeth, ambos formando uma dupla imbátivel para desvendar mistérios, assassinatos, tramas sexuais e de abusos contra as mulheres.

Ao ganhar o primeiro "Os Homens que não amavam as mulheres" de amigo secreto no fim do ano passado, foi impossível não devorar cada página, de uma narrativa divertida e crítica. A espera angustiante pelo segundo livro foi suprida há alguns meses quando foi lançado "A Menina que brincava com fogo", novamente, devorei mais de 600 paginas em questão de dias.

É uma delícia quando você quer saber o final mas não quer que o livro acabe, ainda mais porque ainda não existe a última parte da trilogia traduzida para o português, nem inglês, nem alemão, o que só deve ocorrer no final deste ano.

"Os homens que não amavam as mulheres" já virou filme, mas por enquanto somente em sueco, seria delicioso poder ver o mistério da morte de Harriet Vanger ser esmiuçado pela nossa hacker e nosso jornalista favoritos, mas não existem ainda versões para download e muito menos previsão para exibição nos cinemais nacionais

Muitos afirmam que Mikael é um autorretrato de Stieg, seu próprio personagem, e se isso realmente for verdade, que pena Stieg ter morrido, ele devia ser das pessoas mais interessantes, inteligentes e sagazes que a Suécia e o mundo já viram.

Trilogia Millennium - Stieg Larsson (Editora Companhia das Letras)
1º- "Os homens que não amavam as mulheres"
2º- "A menina que brincava com fogo"
3º- " A rainha do castelo de ar" (Setembro 2009)

quinta-feira, 18 de junho de 2009

Idas e vindas


As fotos, para os japoneses, aprisionam um pedaço da alma, e as vezes, vendo e revendo, vejo que é verdade. Hoje revi algumas, e me deu tanta saudade, me fez lembrar de tantos momentos, de tantos fatos bons e ruins, mas que certamente, passando por eles, é que meu 'eu' presente se fez! Mas enfim...

Tenho um word de "Crônicas e textos" coisas que recebi, que escrevi, ou li e achei belo... o primeiro data de 2002, faz tempo, e não apaguei nada. Deixei tudo lá, para num momento onde eu até tenho mais o que fazer, mas não quero, olhar e achar tudo muito curioso. Sim, olhando para aquelas fotos, lembrando de cada momento delas, vendo os dias, os anos (que passam, como vento), divaguei e me dei conta de cada coisa, ai ai...

É estranho, tem gente que nem faz mais parte da minha vida, mas algum dia fez; Tem gente que recebeu um email bem mau educado, e hoje eu percebo que nem merecia; Outros que receberam um super delicado e fofo, e mereciam menos ainda.

Fotos de ex (casos e namorados) são as mais divertidas, rí horrores. Algumas são camufladas, escondidos de mim mesma... outros estão expostos com grande afeto e sinceridade e ocuparam até porta retrato algum dia. Planejei um futuro brilhante com um, e com outro que eu tinha um presente lindo, não planejei nada. Dos poucos que foram, um povoa eternamente minha lembrança de paixão intensamente vivida e que poderia ter sido ainda mais linda. Existem os que me fazem ver o quanto sou ridícula às vezes, o que o desespero e a imaturidade não fazem. E também aqueles que nos fazem perder a noção de tempo, como algo que não durou mais que seis meses, tomou tanta energia da minha vida? Ai ai ai.

Vi uma pesquisa que diz que trocamos de amigos a cada sete anos e olha, estou concordando. Existem amigos que se tornaram distantes por circunstâncias da vida, mas ainda assim permanecem presentes (Má), existem os que sumiram mesmo, existem os que nunca estão distantes. Ainda existem risadas, planos... existia tanto de Viena e Berlim, até me assustei com o tanto que eu desejava ir, tinha até me esquecido. Existe 'eu' num tempo ja distante, em que não reconheço aquela figura que viveu por 17 anos. Existe 'eu' reclusa, uma lacuna no tempo, necessária para me tornar maior.

E assim vai... Melhor deixar essas fotinhos e textos guardados em alguma gaveta, ou um baú (de memórias), as vezes revisita-las, nem que seja pra gente se dar conta que é hora de acordar e fechar algumas portas!

Ps. texto baseado e inspirado no de uma blogueira admirável.

terça-feira, 16 de junho de 2009

A mulher e o cabelo

O Suporn dos cabelos, BonaCure.


Desde pequena, eu queria ter cabelão comprido, o mais comprido que desse. Hoje eu tenho, um castanho claro com fios dourados naturais, coisalindademeuDeus! Cuido bem, só Schwarzkopf BonaCure nele, mas, não sou daquelas que tem dó de cortar "só um dedinho por favor hein!!", nem de mexer na cor, pelo contrário, já pintei desde preto azulado até luzes loirissimas.


Os cabelos sempre são motivos de reclamações das mulheres, porque a insatisfação tão grande com as madeixas? A Rô sempre reclama que eles não crescem; A Má q tá sempre mudando cor e corte; A Kate que já pintou de vermelho-vampira e agora ta no natural. Quando liso, querem cacheado, e a grande maioria que tem cacheado, quer liso chapado. Ai pego meu cabelo, liso lambido, sem graça, comprido-crente e passo horas no boby ou na chapinha que curva, e não dura nem meia hora aqueles cachos lindos e volumosos.

Dá trabalho e requer dinheiro cuidar e ter cabelos bonitos, se engana quem pensa que com Seda, com Garnier ou Palmolive, vai ter aquele cabelo de Gisele Bündchen. Se você quer começar bem, escolha um shampoo sem sal e sem corante, pois são dois componentes que ressecam, quebram e intoxicam o couro cabeludo, ocasionando desequilibrio de PH e oleosidade, e tudo isso leva à queda.

A queda de cabelo é outra coisa que assusta, demais, principalmente em mulheres. Durante algum tempo usei Finasterida para tal fim, mas confesso que além de me sentir mal, com queda da libido, os resultados não foram dos melhores, parece que o negócio só funciona em homem mesmo. O que me salvou foram shampoos a base de tutano e um da marca Tânagra que teve efeitos muito satisfatórios. Atualmente, pra manter esses longos e lisos fios, usei e aprovei o Bonacure da alemã Schwarzkopf. É caro, mas vale todo o investimento, o brilho, a força e a leveza são notados por todos.

A preferência nacional são os longos e lisos, os homens adoram um cabelão e grande parte do charme da mulher está nos seus belos cabelos. Eles podem não destacar e chamar atenção por estarem limpos, escovados e brilhantes, mas se estiverem sebosos, embaraçados e quebradíços certamente chamarão.

Portanto, porque ao invez de gastar na piastra vc não gasta na hidratação, ou comprando um excelente shampoo e creme, garanto que o investimento compensa, pois o cabelo está para a mulher assim como estava para Sansão.

quarta-feira, 10 de junho de 2009

Espelho espelho meu, tem alguém mais lindo que ele!

essa grama verdinha do vizinho


Putz, e agora? Uma máxima que ouvimos desde sempre "A grama do vizinho parece sempre mais verde". Acho que real significado dela, só é compreendido (mais intensamente) após vivenciarmos os relacionamentos.

Um cara conhece uma moça, eles se apaixonam, após as intempéries ficam juntos, se casam e vivem feliz para sempre. Rá! As vezes nem precisa casar pra perceber que não é assim que funciona, "Ah, mas antigamente funcionava, meus avós foram casados por 60 anos", legal, naquela época uma mulher traída, era culpada, mesmo sendo a vítima, ser desquitada então? Nem pensar, portanto querida, chifres e crises acontecem, já até falei deles aqui.

Os casais estão sendo estimulados sempre a lançarem seus olhares ao redor, procurarem um objeto de desejo e compará-lo à realidade existente em casa, e também aos relacionamentos que estão decaindo, e aquela velha pergunta aparece, será que eu escolhi certo? Será que o seu parceiro está "à altura" de sua inteligencia, beleza, desenvoltura, qualidades?

Naturalmente, encontraremos pessoas lindas e atraentes no decorrer da vida, as vezes mais que nosso companheiro (ou companheira), alguém que não convivemos no dia-a-dia, que não conhecemos os vícios, as manias, as chatisses, e ele parecerá mais adequado, mais atencioso, mais parecido com você e vai fazer seus olhinhos brilharem, e sua grama amarela e com tons de marrom vai ficar insossa perto do verdão dele! Pura ilusão de óptica, meu bem!

Sabe aquele outra frase "Separar o joio do trigo", pois então, ambos se parecem tanto enquanto estão se desenvolvendo, mas na hora da colheita, ve-se claramente a diferença entre ambos. É assim com esses aventureiros ou aventureiras que pairam nas nossas vidas, sejam colegas de trabalho, vizinhos, conhecidos, da academia, e após você mudar de jardim, passado algum tempo, ele deixará de ser TÃO verde, e virão outros mais verde ainda no virar da esquina e então você para e pensa "O que foi que eu fiz? Sai de um torto e parei num obtuso". Vai por mim, não existe sentimento pior do que este.

Pense e repense sua relação, pese, discuta e principalmente, tenha paciência, deixe passar um, dois, três meses, veja se aquela sensação continua ou se ela simplesmente acaba, avalie se o outro vale tanto a pena assim, depois dessas etapas todas, prepare-se! Virão emoções arrebatadoras, aprendendo a cultivar essa grama nova ou regando aquela que quase morreu.

segunda-feira, 8 de junho de 2009

Transtorno de identidade de gênero - Folha Universal

Capa Folha Universal nº895.

Uma agradável surpresa, foi assim que reaji à matéria de capa Folha Universal, publicação semanal da Igreja Universal do Reino de Deus (IURD), tida como uma das igrejas evangélicas mais radicais e preconceituosas, todavia, a reportagem mostra uma abordagem científica e esclarecedora, baseada basicamente no documentário "Meu eu secreto", já traduzido e postado aqui no blog. Segue abaixo na íntegra.

Jazz, de 6 anos, é aparentemente uma estudante norte-americana comum. Usa vestidos, tem cabelos compridos que enfeita com tiaras coloridas, e um quarto rosa e lilás onde brinca de casinha com as amigas. Chega a ser difícil imaginar que Jazz, na verdade, nasceu menino. Quando tinha pouco mais de 1 ano e começava a dizer as primeiras palavras, a criança deixou claro que se sentia como uma menina. Abria os macacões para parecer um vestido e, quando os pais o elogiavam dizendo "bom menino", os corrigia dizendo "boa menina". Os pais de Jazz acreditaram que aquilo iria passar. Mas não passou. A criança continuava insistindo nas coisas de meninas e dizia que o pênis era um engano. Um dia, surpreendeu a mãe com a seguinte frase: "Quando a fada boa vier, será que ela pode mudar minha genitália?"

Casos como o de Jazz, que sofre de um distúrbio conhecido como transtorno de identidade de gênero, começam a gerar sérias discussões na Europa e nos Estados Unidos. Não existe uma teoria definitiva sobre o assunto. Na prática, é como se a criança tivesse nascido no corpo errado. Alguns especialistas defendem que até a oitava semana de gestação, os cérebros de todos os fetos são iguais: femininos. Depois desse período, a testosterona (hormônio masculino) surge no organismo dos bebês que serão meninos e começa a atuar na formação do feto. Uma possível falha hormonal nesse processo pode imprimir o gênero errado no cérebro de algumas crianças. O hormônio atinge o corpo, que desenvolve órgãos sexuais masculinos e outras características, mas não chega ao cérebro, o que faz com que a criança, ao nascer, pense e se sinta como menina. Ou, então, o hormônio chega ao cérebro, mas não ao corpo.

Seja qual for a explicação exata, psicólogos, médicos e educadores não sabem exatamente o que fazer em casos de crianças, que como Jazz, são chamadas de transgêneres. Há quem defenda que detectar o problema na infância pode evitar traumas às crianças e aos pais. "Na verdade, essas crianças são transsexuais. Eles sentem que nasceram no corpo errado e percebem isso desde crianças, por isso querem mudar o corpo. Mas não significa que elas tenham atração por pessoas do mesmo gênero", diz Antônio Carlos Egypto, psicólogo e sociólogo, membro fundador do Grupo de Trabalho e Pesquisa em Orientação Sexual (GTPOS).

Nos últimos tempos, a mídia norte-americana tem dado especial atenção ao tema. Segundo matéria do canal de notícias "CNN", há escolas que, frente ao surgimento de um aluno transgênere, optaram por instalar banheiros unisex, além de orientar professores e se disponibilizar a esclarecer dúvidas de crianças e pais de alunos.

A respeitada jornalista Barbara Waters, do canal "ABC", segunda maior emissora de tevê dos Estados Unidos, fez um documentário com três famílias de crianças transgêneres e tentou explicar porque os pais preferem aceitar o desejo dos filhos em vez de forçá-los a se comportar de acordo com o sexo que nasceram. Entre as famílias estava a de Jazz. Renee Jennings, mãe da hoje menina, só encontrou explicação para o comportamento do filho caçula com uma terapeuta especializada em questões de gênero, que fez o diagnóstico: um transtorno raro, chamado transtorno de identidade de gênero. Ao aceitar que o filho se vestisse como menina, Renee acredita que tomou a melhor decisão para a felicidade dele. Ou, pelo menos, evitou o pior.

Um estudo da Universidade de São Francisco, nos Estados Unidos, confirma que crianças transgêneres reprimidas ou rejeitadas pela família têm quatro vezes mais chances de tentar suicídio ou usar drogas e duas vezes mais chances de contrair o HIV. Mas, ainda segundo a pesquisa, as chances caem drasticamente para aqueles que são aceitos e, de fato, assumem a identidade que acreditam ter, como Jazz. "Nós não o estimulamos, de maneira alguma. Só demos apoio", disse Renee, no documentário da "ABC News". "Possuir variação de gênero não significa que seu filho irá crescer e se identificar como gay, lésbica ou bissexual. É importante convencer a si mesmo e seu filho de que não estão fazendo nada de errado. Ser diferente não é errado é apenas diferente. Ninguém decide a qual gênero pertence, apenas se sabe", explica a norte- americana Kim Pearson, diretora da Tyfa, uma espécie de Associação de Parentes e Amigos de Crianças Transgêneres, criada há 2 anos nos Estados Unidos.

E o transtorno não se manifesta apenas em meninos. Em 2004, Rebecca, então com 14 anos, escreveu uma carta para os pais, dizendo que deviam chamá-la de Jeremy. Ela pedia que eles aceitassem o que ele realmente era. Cortou os cabelos, comprou roupas masculinas e começou a usar faixas debaixo da roupa para disfarçar os seios. Foi bem aceito na escola, mas logo começou a menstruar e quis tomar hormônios para bloquear a chegada da puberdade. Com medo de perder o filho, que estava deprimido, os pais deixaram que Jeremy tomasse os hormônios aos 16 anos. Agora, o jovem faz a barba, a voz engrossou e o corpo se tornou mais másculo.

Especialistas se dividem quanto à idade para começar a tomar hormônios bloqueadores. A maioria dos médicos, no entanto, concorda que quanto antes, melhor. Por outro lado, a terapia hormonal também traz riscos à saúde, pois aumenta as chances de câncer de mama e de esterilidade. Na casa da família Grant, os pais estavam satisfeitos com o casal de gêmeos, Ally e Richard, que nasceram há 11 anos. Aos 2 anos, porém, Richard começou a dar sinais de que queria ser como a irmã, uma menina. Os pais tentavam estimular o menino a fazer atividades de menino. Até que, um dia, eles surpreenderam Richard tentando abrir um cortador de unhas para cortar o próprio pênis.

Quando Richard começou a ter ataques de pânico em casa e na escola, a mãe foi falar com a coordenadora e explicou o caso. A escola, então, levou a família a um especialista, que diagnosticou o distúrbio e os orientou a deixá-lo se comportar como menina. Quando tinha 7 anos, Richard deixou o cabelo crescer e, com o apoio da família, passou a ser chamado de Riley. Também começou a tomar hormônios bloqueadores. Daqui a uns anos deve começar a tomar hormônios femininos e, aos 18 anos, poderá, se quiser, fazer a cirurgia para se transformar fisicamente em mulher. Na escola, entretanto, Riley ficou conhecida como "a menina com pênis".

A discriminação e o preconceito, aliás, são os principais problemas enfrentados por crianças e famílias que decidem apoiar o filho para que ele viva de acordo com o gênero que ele sente ser. E o preconceito que crianças transgêneres sofrem pode passar de xingamentos e chegar ao extremo. Gwen Amber Araujo, uma transgênere norte-americana de 17 anos, foi cruelmente assassinada em uma festa, em 2003, após colegas de faculdade descobrirem que era biologicamente homem. Hoje, a mãe dela, Silvia Guerrero, dá palestras sobre o assunto tentando informar a população "até que as pessoas parem de morrer pelo que são". Os assassinos foram presos. Mas Silvia diz que sente falta de abraçar a filha. "Eles mataram meu bebê, que eu gerei no meu ventre, e não um adolescente aberração-transexual".


Fonte: Pag8. Folha Universal
Jornal semanal Folha Universal nº895, publicação da Igreja Universal do Reino de Deus
email para parabenizar o jornal sobre a matéria
faleconosco@arcauniversal.com
Este post foi baseado no do Homer do Blog Transhomem
Related Posts with Thumbnails