quarta-feira, 29 de julho de 2009

Sarah Jones em busca do CPF perdido

Jones, where is my CPF?


Desde que meus documentos saíram e já peguei minha certidão, devidamente retificada, lindinha, comecei a correr atrás dos demais documentos. Fiquei tão ansiosa, que andei perdendo o sono de madrugada, coisa RARA se tratando da Sarah aqui, que dorme as 21hs se deixar rsrs.

Vale reeiterar também, o meu agradecimento ao Homer do blog Transhomem Brasil, ele que já passou por tudo isso, fez um guia super prático e que tem me ajudado muito.

RG, foi fácil e prático, sem maiores complicações, dentro de sete dias deve ficar pronto;

Titulo de eleitor, me faz lembrar das três coisas que nos orgulham em sermos brasileiros (Correios, Petrobras e Eleições), o título foi retificado na hora e já foi o primeiro novo documento em mãos.

Ai, veio a novela do CPF... infelizmente, a Receita Federal não faz mais a alteração/retificação direto em sua sede, é necessário ir primeiro ao Banco Brasil, Caixa ou Correios, fazer o protocolo de alteração e aí sim se dirigir a Receita. Porém, todavia, entretanto, o meu atendimento nos Correios foi lastimável. Desinformação, preconceito mascarado, sistema fora do ar, uma demora excessiva, até trocar de agência e finalmente, ser muitissimo bem atendida por um outro funcionário. Dia seguinte, comparecer a Receita com o formulario preenchido e pago, chá-de-cadeira de 3 horas, para em menos de 10 minutos, o fisca ter alterado tudo no sistema e agora, aguardar 10-12 dias pra chegar pelo correio.

Agora me resta aguardar pelo RG e pelo CPF, pois somente com eles posso dar entrada na retificação da CNH, Visto americano, Carteira Trabalho, Passaporte, etc...

Exemplar também, vale salientar, é o sistema da Policia Federal para emissão de passaportes, o próprio sistema já solicita se você teve alteração nominal, qual era e por qual razão, muito esclarecedor e ágil.

Vale salientar o oposto, da Carteira de Trabalho, é talvez um dos mais burocráticos, e que se enfrentam maiores filas.

5 comentários:

rOSE disse...

Olha eu aqui de novo querida Sarah! Ainda não penso na retificação dos documentos, pois não estou nesta fase tão sublime, que tbm faz parte social do processo transexualizador. Mas acredito que aqui no Brasil deverá ser uma luta talvez inglória até certo tempo, porém com finais surpreendentes. Claro, depois de tudo terminado fisicamente, ficará somente na lembrança toda aquele sofrimento que sempre tem a sensação de ser interminável. Mas se olharmos para trás, falaremos para nós mesmas, agora que chegamos até aqui, um nome que nos foi dado sem consentimento, não fará tanta importância, pois somos mais que nosso nome no papel, pois nome é somente para personificar, mas nós mesmas em si, somos, temos, fazemos mais que isto! Boa sorte na sua nova vida.

Sarah disse...

Rose,
foi uma batalha, de dois anos, mas que tem seu gosto no final das contas. É cansativo, estressante, mas foi menos complicado doq eu supunha!

Kenia Chan disse...

hahaha esse titulo ficou muito engraçado e essa citação: "Jones, where is my CPF? ", morri de rir aki sarah

Homer disse...

Sarah,

Querida, vim futricar seu blog e vi que vc finalmente conseguiu. Meus parabéns!

Qto. ao CPF, a maioria tem sérios problemas com ele. Eu tb tive, mas não na Receita, e sim no banco.

Parabéns novamente!

Bjs!

Tempestade disse...

Se te anima, todo mundo passa por isso nesses órgãos.
Uma lástima!
Mas espero que tudo corra bem.
Beijos Tempestuosos!

Related Posts with Thumbnails